Trastes (poema)

O poema “Trastes” de Divanize Carbonieri faz parte do livro Entraves (Carlini & Caniato, 2017).

 

***

 

TRASTES

 

o grande guarda-roupa

atravanca o quarto e

impede que a porta se

escancare contra a parede

o guardado não comporta

todos os trecos pertencidos

numa existência de pessoa

muitos se perderam através

dos períodos da andança

trancados num cômodo

sem acesso do possuidor

uma câmara recôndita na

casa atapetada de corredores

gavetas entupidas de extravios

o precisado sempre foi pouco

mas os trastes se proliferaram

nessa morada concomitante