Remédio (poema)

O poema “Remédio” de Divanize Carbonieri faz parte do livro A ossatura do rinoceronte (Patuá, 2020), que pode ser adquirido aqui: (https://www.editorapatua.com.br/produto/112588/a-ossatura-do-rinoceronte-de-divanize-carbonieri).

 

***

 

REMÉDIO

 

o remédio não minora mais a moléstia

persiste a última drágea sem serventia

males maiores sempre serão descobertos

sem que haja tempo para novos acertos

a doença ainda redime muito excesso

a inércia e a dormência causam também o abscesso

vermes comem a adiposidade nociva

acompanhada da massa benigna e viva

a membrana leitosa tampará a visão

logo a persistência trará mais privação

o vate que tem sentidos iluminados

vai olvidar versos e embaçar significados