Comentário de Igor Matheus Araújo sobre o poema “Redemoinhos”

Este comentário foi escrito e enviado pelo estudante Igor Matheus Araújo sobre o poema “Redemoinhos”, presente no livro Grande depósito de bugigangas (Carlini & Caniato, 2018).

 

***

 

Nesses tempos de pandemia que nos impulsionam a pensar sobre a efemeridade da vida, o poema “Redemoinhos” de Divanize Carbonieri explicita que a vida é um ciclo aventureiro, a gente nasce, cresce, amplia, alarga nossas experiências e morre. A vida é, portanto, a condensação de inúmeras aventuras e muitas emoções.

 

*

 

Igor Matheus Araújo é aluno concluinte do Ensino Médio, frequenta a rede Estadual do Ensino em Mato Grosso, na Escola Estadual Patriarca da Independência.